Bible Black Gaiden

Bible Black Gaiden conta os eventos que aconteceram muito antes de Minase ter ressuscitado o Clube de Magia com a sua magia sexual. Quando eram estudantes, ela e as suas amigas encontraram um Livro das Trevas, capaz das piores e mais macabras magias sexuais, ou como trazer ao mundo dos mortais o mais maléfico dos demónios.

Título Original: Bible Black Gaiden
Ano: 2002
Director: Hamuo
Criador/Trabalho Original: Active
Género: Hentai, Vida Escolar, Eroge
Tamanho: ~220 MB
Legenda: PT-PT, .ass (hard styled subs)
Vídeo: H.264, 640x 480 (4:3)
Áudio(s): Japonês, 192 Kbps, AC3

Comentários: Sobre o projecto, fiz umas pesquisas, e descobri que isto nunca teve uma release decente.
Pelo que compreendi, a única release decente a nível de imagem que as Gaiden e o resto da série tiveram foi lançada apenas no Japão sob nome de “Bible Black Perfect Collection” – mas esta versão veio censurada.
Em poucas palavras, em 2006 relançaram a série original e as Gaiden com muito melhor qualidade… mas tudo censurado. Lógica zero. Posto isto, somos obrigados a usar uma versão inferior, a versão não censurada que foi exportada para os EUA e alguns países Europeus. As únicas fontes não censuradas daquele que é provavelmente um dos melhores hentais da era moderna.

Este é também o primeiro projecto em que participa o nosso mais recente membro.
Esperamos que gostem.

Password: projectosoldschool.com

4 respostas a “Bible Black Gaiden”

  1. piri_vm
    1 Abril, 2014 at 23:43 #

    Estava a ver que não…

    • Xykko
      2 Abril, 2014 at 16:18 #

      Piri to the fap cave :P

      • piri_vm
        3 Abril, 2014 at 11:33 #

        Estás enganado, eu tenho tudo amostra, tenho uma paste no ambiente de trabalho chamada Hentai… não tenho Fapcave…lol

  2. Bian_Fu
    5 Abril, 2014 at 04:31 #

    Estás enganado, (fap, fap)
    eu tenho tudo amostra, (fap, fap, fap, fap)
    tenho uma paste no ambiente de trabalho chamada Hentai… (fap, fap, fap)
    não tenho Fapcave…(fap, fap, fap, fap, fap, fap………..)
    Ops!

    shit…

Deixa um comentário